Formação: Comunicação Acessível

Até 15 de setembro, estão abertas as inscrições para a ação de formação «Comunicação Acessível e Turismo Inclusivo», promovida pela Direção Regional de Cultura do Norte. A formação vai decorrer em formato E-Learning entre 1 e 16 outubro.

Plano Curricular
A importância da comunicação acessível e do turismo inclusivo.
Aproximação à diversidade funcional.
Desenho de materiais acessíveis.
Apresentação de casos práticos com diversos meios e recursos acessíveis.
Prática de análise de materiais acessíveis escritos.
Avaliação e conclusões.

Duração: 01 a 16 de outubro 2020
Sessões síncronas: terças-feiras (11h00/13h00) exceto dia 1 de outubro (quinta-feira). Ministradas em sala virtual, com início à hora marcada e visionadas a partir da plataforma do CEARTE (My Cearte).
Sessões assíncronas: (trabalho autónomo, com datas a comunicar posteriormente).

Máximo de 20 formandos

Formulário de inscrições – clique aqui

Recursos/equipamentos necessários: Computador com acesso à internet + webcam + microfone + headphone

Formadora: Isabel Fernández Domínguez
Consultora sénior perita em comunicação patrimonial integral, tem experiência de mais de 18 anos em projetos relacionados com a difusão e a Interpretação do Património, a Acessibilidade, o Turismo Sustentável, a Participação Social, o Uso Público em Áreas Protegidas, a Formação e a Educação Ambiental. Tem desenvolvido projetos em Portugal, Uruguai, México e Espanha.
Possui pós-graduação em “Interpretação Ambiental e do Património: comunicar, participar, desfrutar” da UOC (Universitat Oberta de Catalunya) e pós-graduação em Trabalho de Campo Etnográfico do CSIC (Conselho Superior de Investigações Científicas-Espanha). Possui formação em Metodologias de Participação aplicadas ao desenvolvimento e à gestão territorial, Acessibilidade em Museus e em Turismo Comunitário e de facilitação de grupos. Faz parte da equipa de orientação e professorado do CENEAM (Centro Nacional de Educação Ambiental), do Ministério para a Transição Ecológica de España, da formação dos Guias-intérpretes da Rede de Parques Nacionais em Espanha. É ainda Formadora de Formadores em Turismo Acessível e Engenheira Técnica da Floresta pela Universidade de Vigo (Espanha).
Durante 9 anos foi Diretora de Projetos e Administradora na empresa Ambientarte, dedicada principalmente à comunicação patrimonial integrando critérios de acessibilidade. Foi promotora do Projeto Educativo Europeu de Interpretação do Património, INTEPA, para o Organismo Autónomo Programas Educativos Europeus, com sócios de Letónia, Bulgária, Roménia, Turquia, Estónia e Espanha. Trabalhou como consultora coordenando projetos e equipas a nível nacional e internacional, assim como a elaboração de propostas. Durante dois anos foi a responsável da ‘’Chefatura da Unidade Departamental de Educação Ambiental para o Desenvolvimento Sustentável’’ no México D.F., ‘’Delegação Tlalpan na Direção Geral de Ecologia e Desenvolvimento Sustentável’’. Trabalhou durante mais de 5 anos como guia-intérprete no Parque Nacional das Ilhas Atlânticas da Galiza (Espanha). Conta com uma ampla experiência como formadora em cursos relacionados com a Interpretação do Património (técnicas de comunicação efetivas), visitas guiadas, Acessibilidade e Ecoturismo, em todo o estado espanhol, assim como em Portugal e no México. É coautora e orientadora do primeiro curso básico online de Interpretação do Património em Espanha (atualmente na sua 22ª edição) e de um curso avançado da mesma temática, ambos com o CEIDA (Centro de Extensão Universitária e Divulgação Ambiental da Galiza) e com o aval da Associação para a Interpretação do Património (AIP). É sócia e fez parte da Direção da AIP, com o cargo de Secretária e de Vice-presidente, respetivamente, durante o período 2013-2019. É membro do Seminário Permanente em Interpretação do Património natural e cultural do Centro Nacional de Educação Ambiental (CENEAM), dentro do Ministério para a Transição Ecológica de Espanha que reúne a uns 20 profissionais da disciplina.

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Skype
Notícias Recentes
O Museu do Abade de Baçal, Bragança, inaugura no próximo dia 16 de dezembro, às 15h00, a exposição Berta Nery Durão – Percurso e Identidade. Um convite à descoberta da obra da artista, discípula de Columbano Bordalo Pinheiro e Carlos Reis.
Siga-nos