Pacotes de açúcar promovem Património a Norte

A Direção Regional de Cultura do Norte, com o apoio da Delta Cafés, acaba de lançar uma coleção especial de seis pacotes de açúcar, que promove e divulga o Património a Norte, nas dimensões Castelos, Mosteiros, Museus, Catedrais e Igrejas.

A Direção Regional de Cultura do Norte, com o apoio da Delta Cafés, acaba de lançar uma coleção especial de seis pacotes de açúcar, que promove e divulga o Património a Norte, incidindo nas principais dimensões do património existentes na Região: Castelos, Mosteiros, Museus, Catedrais e Igrejas.

Após a reabertura ao público dos museus e monumentos, a Direção Regional de Cultura do Norte lançou, em abril, uma campanha nacional de comunicação coincidindo com o período de desconfinamento, bem como com a comemoração do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios e Dia Internacional dos Museus.

A campanha de comunicação integrada partiu de um conceito de proximidade com o público, estando presente em diversos meios: rede de autocarros STCP, rede Metro do Porto, rádio, jornais, redes sociais e outras plataformas digitais.

Agora, a campanha ganha um novo estímulo, com a distribuição nacional – já em curso – de milhares de pacotes de açúcar.

Depois de, no ano passado, ter assistido a uma quebra superior a 70% no número de visitantes nos museus e monumentos, a Direção Regional de Cultura do Norte está empenhada em promover o Património a Norte, convidando os portugueses a celebrar o conhecimento, a salvaguarda e a valorização do património cultural, colocado à fruição de todos.

Pretende-se reforçar a posição da Região Norte como um destino de excelência e autenticidade histórico-cultural de âmbito nacional e internacional, suportado pelos sítios classificados Património da Humanidade e pelo rico património histórico-cultural, material e imaterial existente.

A campanha de comunicação integrada é cofinanciada pelo Programa Operacional Norte 2020, através da conjugação de várias Operações em curso: Castelos a Norte, Rota das Catedrais a Norte e Mosteiros a Norte.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on skype
Skype
Notícias Recentes
A partir do dia 20 de setembro, o Museu de Lamego encerra temporariamente e de modo faseado as suas salas de exposição. Em causa as obras de reabilitação que visam melhorar as condições de acessibilidade física e comunicacional do museu, inseridas na Operação “Museu de Lamego. Museu para todos”.
Siga-nos