Os Paços Portugueses: passos para o seu estudo e divulgação

O Encontro «Os Paços Portugueses: passos para o seu estudo e divulgação» vai decorrer nos dias 13 e 14 de outubro. A iniciativa é organizada pelo organizado pelo Paço dos Duques de Bragança e pelo Paço de Vila Viçosa. Inscrições a decorrer.

Data: 13 (quinta) e 14 de outubro (sexta) de 2022
Local: Paço dos Duques de Bragança

Com este Encontro, organizado pelo Paço dos Duques de Bragança e pelo Paço de Vila Viçosa, com o apoio da Associação de Amigos do Paço dos Duques de Bragança e Castelo de Guimarães, pretende-se analisar os paços portugueses, estejam estes na mão de instituições ou de particulares.

Deseja-se estimular a partilha de conhecimentos, definir metodologias de análise, criar sinergias entre os investigadores e os detentores destes espaços senhoriais.

Há falta de um fórum onde possa ser partilhada a investigação que vai sendo levada a cabo sobre estas habitações senhoriais, permitindo conhecer os resultados de escavações arqueológicas, os documentos arquivísticos e iconográficos, a arquitetura, a estruturação dos espaços de circulação, as funções das diferentes câmaras e a sua articulação, o modo como eram habitados e decorados.

Dia 13: Comunicações (30 €) // Desconto para estudantes, sócios da AAPDBCG e DRCN (20 €)
Dia 14: Visita ao Património de Cabeceiras de Basto (viagem + almoço = 20 €)

Programa

Dia 13 outubro

09h00       Receção aos participantes
09h30       Manuel Luís Real
                 Os Paços condais de Hermenegildo Gonçalves e Mumadona Dias
10h15       Nuno Senos
                 O Paço de Ourém e a arquitetura residencial no Portugal de Quatrocentos

11h00       Pausa para café

11h30       Daniel V. Oliveira
                 As tecnologias digitais na conservação preventiva do património construído: aplicação  ao Paço dos Duques

12h15       Pausa para almoço

14h30       Arnaldo Sousa Melo (Universidade do Minho. Departamento de História e Lab2PT/IN2PAST; Professor) e Raquel Oliveira Martins (Universidade do Minho e Lab2PT/IN2PAST; Investigadora)
                 Os Paços senhoriais medievais como expressões de poder urbano: o Paço arquiepiscopal de Braga e o Paço dos Duques de Bragança, em Guimarães
15h15       Helder Sousa (Universidade do Minho. Dept. Engenharia Civil e ISISE; Investigador Auxiliar)
                 A estrutura de madeira da cobertura da Casa da Câmara de Guimarães: análise de segurança e digitalização

16h00       Pausa para café

16h30       Mário Barroca (Universidade do Porto – Faculdade de Letras, Professor Catedrático); Antero Ferreira (Universidade do Minho e Diretor da Casa de Sarmento e CITCEM)
                  A Torre dos Peixotos, em Azurém (Guimarães)
17h15        Saul Dias Gomes (Universidade de Coimbra – Faculdade de Letras e CHSC)
                  As obras do Paço da Alcáçova de Lisboa no reinado de D. Afonso V
18h00        Visita à Casa da Câmara (Guimarães)


Dia 14 outubro

08h45        Saída do Paço dos Duques
10h00        Visita a Torre de Abadim ou Casa do Tronco (Abadim)
11h00        Visita a Casa da Lã (Bucos)
12h15        Almoço no restaurante Luís de Outeirinho
14h30        Visita à Casa da Taipa (Casal Cabeceiras de Basto, S. Nicolau)
15h30        Visita à Torre da Casa da Ribeira (Faia)
16h30        Regresso a Guimarães

Inscrições e mais informações AQUI

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on skype
Skype
Notícias Recentes
A segunda etapa da iniciativa “Património a Norte” está marcada para o próximo sábado, dia 01 de outubro, no Mosteiro de Salzedas, em Tarouca. Visitas guiadas, concertos e ações de gastronomia são as propostas. Entrada livre.
Siga-nos