Nota de Pesar: Falecimento do artista plástico Francisco Laranjo

A Direção Regional de Cultura do Norte manifesta o seu profundo pesar pelo falecimento de Francisco Laranjo. O artista plástico faleceu esta quarta-feira, aos 67 anos, no Porto, vítima de doença oncológica.

O artista plástico Francisco Laranjo faleceu esta quarta-feira, no Porto, vítima de um tumor cerebral.

A sua obra é marcada pela pintura, mas destacou-se também na área dos vitrais, com trabalhos na Igreja de Cedofeita, no Porto, e na Igreja da Sagrada Família, em Chaves.

Francisco Laranjo (Lamego, 1955) concluiu o Curso Superior de Artes Plásticas na Escola Superior de Belas-Artes do Porto em 1978.

Foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian em pós-graduação (1981–83) e da Junta Nacional de Investigação Científica em Portugal, Holanda e Egipto. Foi ainda bolseiro do Instituto Goethe em Dresden, Alemanha (2000).

Professor Catedrático da Faculdade de Belas-Artes da Universidade do Porto, foi conferencista ou professor convidado em diversas universidades ou academias em cidades como Bilbao, Otava, Calgary, Daegu, Sheffield, Manchester, Istambul, Alexandria, Sófia, Paris e São Paulo.

Expõe individual e coletivamente desde 1979 em Portugal, Holanda, Bélgica, Alemanha, Canadá, Índia, China, Coreia do Sul, Brasil, entre outros países.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on skype
Skype
Notícias Recentes
Siga-nos