Expo Diabólica – Uma Expressão da Cultura Popular

Exposição temporária de várias peças de olaria representativas do demónio e um conjunto de ilustrações alusiva ao tema poderá ser visitada no Museu de Alberto Sampaio, em Guimarães, de 2 a 31 de maio.

Dedicada à presença do Diabo na cultura popular e nas suas manifestações artísticas, na «Expo Diabólica – Uma Expressão da Cultura Popular» será possível admirar várias peças de olaria representativas do demónio e das diversas formas que assume, assim como um conjunto de ilustrações alusivas, da autoria de Joaquim Salgado Almeida.

A mostra resulta de uma coleção particular, pertença de Fernando Capela Miguel, composta por obras, todas elas, criadas em Barcelos por artesãos locais. Cerca de metade dessas peças foram desenhadas pelo próprio colecionador e executadas por encomenda.

Professor de carreira, Capela Miguel estudou Antropologia e tem-se dedicado ao estudo da cultura popular. É também autor de dois livros sobre temáticas relacionadas com o Diabo, que são o resultado do trabalho desenvolvido nesta área ao longo dos anos.

Uma dessas obras, “Contos e Lendas do Diabo em Guimarães”, será apresentada no dia da inauguração da exposição, dia 1 de maio, pelo Professor Doutor Fernando Azevedo, da Universidade do Minho. O público poderá visitar a exposição a partir do dia 2 maio, na Sala do Capítulo do Museu de Alberto Sampaio, de terça a domingo, das 10h00 às 18h00. Entrada livre.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on skype
Skype
Notícias Recentes
“A experiência do Mal e a posteridade de Baudelaire" é o tema da conferência de Mario Campaña, poeta, ensaísta e tradutor, autor de uma vasta obra literária, a decorrer amanhã, pelas 19h00, na Casa das Artes. Inserida no Ciclo Imagens do Pensamento.
Siga-nos