«Horizontes» de Nadir Afonso no Museu do Abade de Baçal

O Museu do Abade de Baçal vai apresentar ao público, no próximo dia 15 de janeiro, pelas 15h00, duas novas exposições: Horizontes, de Nadir Afonso; e Invasões, do coletivo de artistas de Bragança. A entrada é livre.

Museu do Abade de Baçal irá apresentar ao público, no próximo dia 15 de janeiro, pelas 15h00, duas novas exposições: Horizontes, de Nadir Afonso; e Invasões, do coletivo de artistas de Bragança (Ana Pascoa, António Santos, Carlos Costa, Duarte Saraiva, Jacinta Costa, João Ferreira, José Luís Benites, Miguel Moreira e Silva, Octávio Marrão e Ofélia Marrão).
Trata-se de dois projetos expositivos bastante distintos. A exposição Horizontes é uma coorganização com a Fundação Nadir Afonso, no âmbito do centenário do nascimento do artista, exposição que deveria ter tido lugar no final de 2020, mas que acabou adiada devido ao avançar da pandemia COVID-19. Já Invasões resulta de um desafio lançado ao coletivo de artistas de Bragança no sentido de encetar um diálogo construtivo com todo o percurso expositivo do Museu do Abade de Baçal.
Assim no próximo dia 15, por ocasião da abertura de ambas as exposições, serão realizadas visitas guiadas, no primeiro caso com a curadora da exposição, Laura Afonso, também presidente da Fundação Nadir Afonso; e no segundo caso, com os vários artistas que integram o coletivo, que terão oportunidade de apresentar as obras que nos propõem.

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Skype
Notícias Recentes
O mês de dezembro traz à Casa das Artes do Porto cine-concertos, música, dança, cinema e, no dia 5, a presença dos arquitetos Álvaro Siza e Eduardo Souto de Moura na apresentação do livro «Cumplicidades: nos percursos de Álvaro Siza e Eduardo Souto de Moura».
Siga-nos