Castelo de Guimarães encerra mais cedo temporariamente

Por razões de segurança para os visitantes e funcionários, o Castelo de Guimarães vai encerrar - temporariamente - às 17h00, com última entrada de visitantes às 16h30. Esta situação é motivada por uma avaria no sistema de iluminação.

Devido a uma avaria no sistema de iluminação, já reportada à EDP, o Castelo de Guimarães vai encerrar – temporariamente – às 17h00, com última entrada de visitantes às 16h30.

Esta medida visa acautelar eventuais acidentes com danos para os visitantes e funcionários do monumento. Logo que a avaria seja solucionada, o Castelo de Guimarães voltará ao seu horário habitual: de segunda-feira a domingo, das 10h00 às 18h00 (última entrada às 17h30).

O Castelo de Guimarães é um dos monumentos, sob gestão da Direção Regional de Cultura do Norte, mais visitados por turistas nacionais e estrangeiros.

Paradigma das origens da nacionalidade e da própria figura de D. Afonso Henriques, o Castelo de Guimarães é um dos monumentos mais representativos do imaginário medieval português.

A sua construção inicial remonta ao tempo de Mumadona Dias, que o mandou edificar pelos meados do século X, com o objetivo de defender o mosteiro de Santa Maria de Guimarães, dos ataques de muçulmanos e normandos.

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Skype
Notícias Recentes
O Museu do Abade de Baçal, Bragança, inaugura no próximo dia 16 de dezembro, às 15h00, a exposição Berta Nery Durão – Percurso e Identidade. Um convite à descoberta da obra da artista, discípula de Columbano Bordalo Pinheiro e Carlos Reis.
Siga-nos